1.7.11

Tudo por mim, tudo sobre mim

Resolvi ignorar as pessoas, os sentimentos e principalmente as palavras. O motivo? Bom, pessoas mentem e nem sempre são confiáveis
como você pensa. Sentimentos vêm e vão toda hora, hoje diz que me ama, amanhã diz o mesmo pra outra pessoa. Palavras são apenas palavras, e pra alguns isso não vale muita coisa. Então decidi deixar pra trás pessoas que me magoaram, sentimentos que não me fizeram bem e palavras ditas da boca pra fora. E sabe o melhor disso tudo? Sinto-me leve, como se tivesse tirado um peso enorme das costas, e de facto, eu tirei… Agora é tudo por mim, é tudo sobre mim! E sem pensar duas vezes desprezarei qualquer tipo de contacto, demonstração de afecto e palavras de carinho; espero que assim tudo fique mais fácil e se não ficar, mudo de novo, e de novo.

4 comentários: